Capítulo 6: o chamamento do profeta (com 25 anos de idade). Isaías viu o trono e a glória de Deus e Serafins. Foi comisssionado para clamar no meio de um povo obstinado, endurecido, sem olhos e sem ouvidos para a voz de Deus. Mas um remanescente santo ficaria.


Isaías capítulo 6




Capítulo 6

Isaías recebeu a comissão de ser atalaia, de clamar no meio de um povo obstinado e rebelde, de coração endurecido. Deus exerceria o Seu juízo sobre eles, até que os tivesse levado ao cativeiro para a Assíria; os que restaram também seriam levados para o cativeiro na Babilônia. Apenas um remanescente santo seria salvo.

O chamamento de Isaías – v. 1-13
• Is 6: 1-13: “No ano da morte do rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as abas de suas vestes enchiam o templo. Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas: com duas cobria o rosto, com duas cobria os seus pés e com duas voava. E clamavam uns para os outros, dizendo: Santo, santo, santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória. As bases do limiar se moveram à voz do que clamava, e a casa se encheu de fumaça. Então, disse eu: ai de mim! Estou perdido! Porque sou homem de lábios impuros, habito no meio de um povo de impuros lábios, e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos! Então, um dos serafins voou para mim, trazendo na mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz; com a brasa tocou a minha boca e disse: Eis que ela tocou os teus lábios; a tua iniqüidade foi tirada, e perdoado, o teu pecado. Depois disto, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim. Então, disse ele: Vai e dize a este povo: Ouvi, ouvi e não entendais; vede, vede, mas não percebais. Torna insensível o coração deste povo, endurece-lhe os ouvidos e fecha-lhe os olhos, para que não venha ele a ver com os olhos, a ouvir com os ouvidos e a entender com o coração, e se converta, e seja salvo. Então, disse eu: até quando, Senhor? Ele respondeu: Até que sejam desoladas as cidades e fiquem sem habitantes, as casas fiquem sem moradores, e a terra seja de todo assolada, e o Senhor afaste dela os homens, e no meio da terra seja grande o desamparo [NVI: ‘até que o Senhor tenha enviado todos para longe e a terra esteja totalmente desolada’]. Mas, se ainda ficar a décima parte dela, tornará a ser destruída. Como terebinto e como carvalho, dos quais, depois de derribados, ainda fica o toco, assim a santa semente é o seu toco”.


O chamamento do profeta Isaías


As profecias de Isaías nem sempre são estabelecidas numa ordem cronológica. O seu chamamento foi colocado aqui no capítulo 6 depois de outras profecias terem sido escritas nos capítulos anteriores e que, provavelmente, foram entregues (algumas delas) no reinado de Jotão, filho de Uzias. Uzias morreu no ano de 740 AC, e a partir dali Isaías começou seu período de exercício profético. Segundo fontes históricas (Bíblia de Jerusalém, Nova Edição Revista e Ampliada, Ed. de 2002, 3ª Impressão, 2004, Ed. Paulus, São Paulo, pg. 1.237) Isaías teria nascido em 765 AC, portanto, tinha 25 anos de idade quando foi chamado pelo Senhor.

A passagem bíblica diz que ele viu o trono e a glória de Deus, e onde Serafins proclamavam Sua santidade. A adoração era tão forte que o lugar tremeu e se encheu de fumaça. Então, Isaías foi confrontado com sua fragilidade humana e reconheceu que era um homem com os lábios impuros, no meio de um povo também impuro. Por isso, temeu. Ele viu um anjo vindo com uma brasa e tocando seus lábios, e dizendo que seu pecado tinha sido perdoado. A seguir ele ouviu a voz do Senhor perguntando se havia algum mensageiro disposto a levar Sua palavra e Isaías se apresentou. Ele recebeu a comissão de ser atalaia, de clamar no meio de um povo obstinado, de coração endurecido, sem olhos e sem ouvidos para a voz de Deus e para a Sua vontade. Isaías perguntou até quando seria assim, e o Senhor lhe respondeu que isso seria até que Ele tivesse exercido o Seu juízo sobre eles, até que os tivesse levado ao cativeiro numa terra estrangeira (na Assíria); mesmo assim, os remanescentes também seriam levados a cativeiro (representando o cativeiro na Babilônia). Enfim, um remanescente seria salvo e santo, como um toco de carvalho ou terebinto.

Aqui a bíblia menciona outra árvore além do carvalho, o terebinto. O terebinto (Pistacia terebinthus ou Pistacia palaestina), também descrito em Os 4: 13, é uma árvore decídua, pequena, de até seis metros de altura, parecendo um arbusto, e que tem flores. Está presente nas colinas quentes e secas da Palestina, mas também é nativa da região do Mediterrâneo como Marrocos, Portugal e Ilhas Canárias; presente também na Turquia e na Síria. É comumente chamada de Terebinto ou Cornalheira. Suas folhas têm de dez a vinte centímetros de comprimento, e suas flores são de cor púrpura avermelhada, que desabrocham na primavera. Seus frutos pequenos são carnosos, com o tamanho de cinco a sete centímetros de comprimento, e cuja cor varia do vermelho ao negro quando estão maduros. A resina da planta tem um odor forte e penetrante, de onde se extrai a terebintina, possivelmente a mais antiga fonte deste composto. A terebintina é um solvente muito usado na preparação de tintas, vernizes e ungüentos. O terebinto é uma árvore isolada, ou seja, não cresce em bosques. Na Antiguidade eram comuns as práticas idólatras debaixo de terebintos. O terebinto é muitas vezes chamado de olmo ou olmeiro, erroneamente. Em hebraico, a palavra usada para terebinto pode ser a mesma para ‘carvalho’, ou seja, ‘allâ, ’allôn (ou ’allown) e ’elâ.


Terebinto – árvore Terebinto – flor
Terebinto (Pistacia terebinthus ou Pistacia palaestina) – árvore e flor (fonte: wikipedia.org)

Autora: Pastora Tânia Cristina Giachetti

• Principal fonte de pesquisa: Douglas, J.D., O novo dicionário da bíblia, 2ª ed. 1995, Ed. Vida Nova.
• Fonte de pesquisa para algumas imagens: wikipedia.org e crystalinks.com

Sugestão para download:

tabela de profetas AT

Tabela dos profetas (PDF)

Table about the prophets (PDF)


livro evangélico: Profeta, o mensageiro de Deus

Profeta, o mensageiro de Deus

Prophet, the messenger of God


Este texto se encontra no 1º volume do livro:


livro evangélico: O livro do profeta Isaías

O livro do profeta Isaías vol. 1

O livro do profeta Isaías vol. 2

O livro do profeta Isaías vol. 3

The book of prophet Isaiah vol. 1

The book of prophet Isaiah vol. 2

The book of prophet Isaiah vol. 3

▲ Início  

relacionamentosearaagape@gmail.com