Capítulo 38: a bíblia relata a doença de Ezequias. Ele se humilhou perante o Senhor e pediu misericórdia e cura. Deus prolongou sua vida em 15 anos e lhe deu um sinal; ele se recuperou e fez um cântico de louvor ao Senhor. Temos aprendizados com este texto.


Isaías capítulo 38




Capítulo 38

A doença de Ezequias e sua cura maravilhosa – v. 1-21 (cf. 2 Rs 20: 1-11; 2 Cr 32: 24-31).

Ezequias, em sua doença, recebe de Isaías uma mensagem de morte – v. 1.
• Is 38: 1: “Naqueles dias, Ezequias adoeceu de uma enfermidade mortal; veio ter com ele o profeta Isaías, filho de Amoz, e lhe disse: Assim diz o Senhor: Põe em ordem a tua casa, porque morrerás e não viverás”.

Não se sabe qual era a doença de Ezequias; apenas que deveria ser muito grave, pois o profeta lhe disse que Deus o levaria em breve.

Ele ora a Deus – v. 2-3.
• Is 38: 2-3: “Então, virou Ezequias o rosto para a parede e orou ao Senhor. E disse: Lembra-te, Senhor, peço-te, de que andei diante de ti com fidelidade, com inteireza de coração e fiz o que era reto aos teus olhos; e chorou muitíssimo [NVI: ‘chorou amargamente’]”.

Ezequias levou um choque ao receber a notícia, como qualquer pessoa recebe do médico um diagnóstico desfavorável. Ezequias se lembrou do Senhor e decidiu orar pedindo cura. O argumento que lhe veio à mente foi o que já havia feito de bom e reto diante dos olhos de Deus, e esperou que Ele levasse isso em conta para dar Seu julgamento definitivo. Talvez o que tenha passado pela sua mente é que depois de tanta coisa que ele havia sofrido e superado, ou do que já havia feito em prol do seu povo e em favor das coisas do Senhor, seria injusto sofrer uma doença daquela e morrer por causa dela. Seria como se estivesse sendo punido por Deus. Naquela época, era comum se pensar que qualquer doença grave que viesse sobre uma pessoa era um sinal de punição por algum pecado que ela tivesse cometido; é só nos lembramos de Jó e do que ele ouviu dos seus próprios amigos. Talvez naquele momento, Ezequias tenha se lembrado de muitas coisas erradas que tinha feito em sua vida, e as lágrimas eram lágrimas de arrependimento, ao ser confrontado com sua fragilidade, incapacidade e humanidade diante de um Deus tão poderoso. Talvez ele estivesse chorando pelo seu povo e pela responsabilidade que ele, como rei, tinha sobre seus súditos que, neste momento, pareciam abandonados e sem direção. Ou, então, ele chorava porque, sendo um ser humano, aquela notícia o tinha magoado. Não se sabe exatamente porque ele chorou, mas a bíblia diz que chorou muito. A NVI diz: ‘chorou amargamente’, o que poderia nos dar uma idéia da causa do seu choro: um choro amargo de quem se vê injustiçado ou frustrado nos seus sonhos; de quem vê que não fez o suficiente de bom na vida e se arrepende agora de ter tomado tantas decisões erradas; o choro amargo de se sentir abandonado no momento em que mais precisa de consolo; ou muitas outras causas.

Mas o Senhor sabia por que e só estava esperando por esse ato de humildade da parte de Ezequias para poder agir. Davi também chorou quando o filho do seu pecado com Bate-Seba morreu; chorou por reconhecer o seu pecado, se arrependeu e pediu misericórdia, e foi ouvido, pois sua sinceridade tocou o coração de Deus. Por isso, Jesus disse nas bem-aventuranças: “Bem-aventurados os que choram porque serão consolados” (Mt 5: 4 cf. Is 61: 2). Isso nos fala sobre o choro de uma alma sincera que busca desesperadamente algo que só Deus pode dar, que é invisível aos olhos humanos e impossível de ser comprado com dinheiro: salvação, perdão, justiça divina, reconciliação com alguém, sensação de pureza e inocência, restituição da intimidade com Deus, poder sorrir novamente, a cura de um trauma que precisa ser esquecido para continuar a viver, cumprir sua missão na terra com liberdade etc. São felizes os que choram, porque recebem de Deus o consolo. E o choro que o Senhor fala aqui é o choro de arrependimento que produz vontade de mudar de vida. É chorar para que a justiça divina se estabeleça na terra, libertando, curando, trazendo novamente a alegria da comunhão com Ele. Bem-aventurados os que choram pelo seu afastamento Dele, porque Ele ouve o seu choro e os consola, restabelecendo novamente seu relacionamento e sua intimidade com o Pai. Jesus disse: “no mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo [coragem]; eu venci o mundo” (Jo 16: 33).

Deus prolonga sua vida e lhe dá um sinal – v. 4-8.
• Is 38: 4-8: “Então, veio a palavra do Senhor a Isaías, dizendo: Vai e dize a Ezequias: Assim diz o Senhor, o Deus de Davi, teu pai: Ouvi a tua oração e vi as tuas lágrimas; acrescentarei, pois, aos teus dias quinze anos (a bíblia acrescenta em 2 Rs 20: 5b: ‘... eis que eu te curarei; ao terceiro dia, subirás à Casa do Senhor’). Livrar-te-ei das mãos do rei da Assíria, a ti e a esta cidade, e defenderei esta cidade. Ser-te-á isto da parte do Senhor como sinal de que o Senhor cumprirá esta palavra que falou: eis que farei retroceder dez graus a sombra lançada pelo sol declinante no relógio de Acaz. Assim, retrocedeu o sol os dez graus que já havia declinado [NVI: ‘E a luz do sol retrocedeu os dez degraus que tinha avançado’]”.

O Senhor estava acrescentando quinze anos à sua vida sem aquela doença, e confirmava para ele, Ezequias, e para o seu povo a sua libertação das mãos da Assíria. E para aumentar a sua fé, Ele lhe daria um sinal visível. Em 2 Rs 20: 8-11 está escrito que Ezequias perguntou ao profeta qual era o sinal que Deus lhe daria, para que ele soubesse que estaria curado mesmo. Isaías lhe deu uma escolha, Ezequias escolheu o que achava melhor, e Deus cumpriu o que para Ezequias seria um sinal de sua cura.

Em 2 Cr 32: 24-31 está escrito: “Naqueles dias, adoeceu Ezequias mortalmente; então, orou ao Senhor, que lhe falou e lhe deu um sinal. Mas não correspondeu Ezequias aos benefícios que lhe foram feitos; pois o seu coração se exaltou. Pelo que houve ira contra ele e contra Judá e Jerusalém. Ezequias, porém, se humilhou por se ter exaltado o seu coração, ele e os habitantes de Jerusalém; e a ira do Senhor não veio contra eles nos dias de Ezequias. Teve Ezequias riquezas e glória em grande abundância; proveu-se de tesourarias para prata, ouro, pedras preciosas, especiarias, escudos e toda sorte de objetos desejáveis; também proveu-se de armazéns para a colheita do cereal, do vinho e do azeite; e de estrebarias para toda espécie de animais e de redis para os rebanhos. Edificou também cidades e possuiu ovelhas e vacas em abundância; porque Deus lhe tinha dado mui numerosas possessões. Também o mesmo Ezequias tapou o manancial superior das águas de Giom e as canalizou para o ocidente da Cidade de Davi. Ezequias prosperou em toda a sua obra. Contudo, quando os embaixadores dos príncipes da Babilônia lhe foram enviados para se informarem do prodígio que se dera naquela terra, Deus o desamparou, para prová-lo e fazê-lo conhecer tudo o que lhe estava no coração”.

O versículo acima: ‘Naqueles dias, adoeceu Ezequias mortalmente; então, orou ao Senhor, que lhe falou e lhe deu um sinal’ se refere a um tempo depois da exaltação do seu coração por tudo o que o Senhor já lhe havia dado.

Então, isso nos dá uma pista de que o seu choro está ligado ao arrependimento do comportamento do seu coração em relação a todos os benefícios recebidos de Deus, a tudo o que ele fez em Judá como um administrador competente, e que foi colocado em 2 Cr 32: 27-30. Aqui, nós supomos que por causa de tudo isso seu coração se exaltou e houve ira da parte de Deus contra ele e contra Judá e Jerusalém, trazendo Senaqueribe contra eles. Ezequias, porém, se humilhou por se ter exaltado o seu coração, ele e os habitantes de Jerusalém; e a ira do Senhor não veio contra eles nos dias de Ezequias. E agora, esta doença o levava a repensar em tudo o que tinha feito.

Provavelmente, a outra parte que fala: ‘Contudo, quando os embaixadores dos príncipes da Babilônia lhe foram enviados para se informarem do prodígio que se dera naquela terra, Deus o desamparou, para prová-lo e fazê-lo conhecer tudo o que lhe estava no coração’ se refere a um novo episódio de exaltação do coração de Ezequias, onde a bíblia não mais menciona a ira de Deus contra Judá e Jerusalém; apenas contra o rei (‘Deus o desamparou, para prová-lo e fazê-lo conhecer tudo o que lhe estava no coração’), pois o rei pode ter se exaltado em relação ao livramento que ele recebeu quanto a Senaqueribe, e que, certamente foi do conhecimento de várias nações, e também por causa de sua cura maravilhosa. Por isso (Is 39: 1-8), ele agiu presunçosamente em relação aos enviados da Babilônia, e aí sim, o Senhor o desamparou, para prová-lo e fazê-lo conhecer tudo o que lhe estava no coração. Em Is 39: 8 a bíblia diz que Ezequias aceitou a sentença de Deus, mas não menciona novamente um choro de arrependimento nem uma intercessão pelos seus descendentes, que sofreriam por causa das suas atitudes. Ele se preocupou apenas com ele mesmo naquele momento.

Seu cântico de louvor a Deus – v. 9-20.
• Is 38: 9-20: “Cântico de Ezequias, rei de Judá, depois de ter estado doente e se ter restabelecido: Eu disse: Em pleno vigor de meus dias, hei de entrar nas portas do além; roubado estou do resto dos meus anos. Eu disse: já não verei o Senhor na terra dos viventes; jamais verei homem algum entre os moradores do mundo. A minha habitação foi arrancada e removida para longe de mim, como a tenda de um pastor; tu, como tecelão, me cortarás a vida da urdidura, do dia para a noite darás cabo de mim [NVI: ‘A minha vida foi enovelada, como faz o tecelão, e ele me cortou como um pedaço de tecido; dia e noite foi acabando comigo’]. Espero com paciência até à madrugada, mas ele, como leão, me quebrou todos os ossos; do dia para a noite darás cabo de mim. Como a andorinha ou o grou [NVI: ‘como um tordo’], assim eu chilreava e gemia como a pomba; os meus olhos se cansavam de olhar para cima. Ó Senhor, ando oprimido, responde tu por mim. Que direi? Como prometeu, assim me fez [NVI: ‘Ele falou comigo, e ele mesmo fez isso’]; passarei tranqüilamente por todos os meus anos, depois desta amargura da minha alma [NVI: ‘Andarei humildemente toda a minha vida, por causa dessa aflição da minha alma’]. Senhor, por estas disposições tuas vivem os homens, e inteiramente delas depende o meu espírito [NVI: ‘Senhor, por tais coisas os homens vivem, e por elas também vive o meu espírito’]; portanto, restaura-me a saúde e faze-me viver [NVI: ‘Tu me restauraste a saúde e deixaste-me viver’]. Eis que foi para minha paz que tive eu grande amargura [NVI: ‘Foi para o meu benefício que tanto sofri’]; tu, porém, amaste a minha alma e a livraste da cova da corrupção, porque lançaste para trás de ti todos os meus pecados. A sepultura não te pode louvar, nem a morte glorificar-te; não esperam em tua fidelidade os que descem à cova. Os vivos, somente os vivos, esses te louvam como hoje eu o faço; o pai fará notória aos filhos a tua fidelidade. O Senhor veio salvar-me; pelo que, tangendo os instrumentos de cordas, nós o louvaremos todos os dias de nossa vida, na Casa do Senhor”.

Neste cântico de louvor pelo seu restabelecimento, Ezequias coloca algumas frases que ele mesmo disse ao Senhor durante a oração que fez pedindo cura. O cântico mostra que ele voltou a reconhecer o senhorio de Deus sobre o seu poder como rei de uma nação. Seu espírito voltou à posição de humildade.

Sua recuperação – v. 21-22
• Is 38: 21: “Ora, Isaías dissera: Tome-se uma pasta de figos e ponha-se como emplasto sobre a úlcera [NVI: ‘no furúnculo’]; e ele recuperará a saúde. Também dissera Ezequias: Qual será o sinal que de que hei de subir à Casa do Senhor?”
Deus dá a Isaías uma estratégia de cura para a doença do rei.

Autora: Pastora Tânia Cristina Giachetti

• Principal fonte de pesquisa: Douglas, J.D., O novo dicionário da bíblia, 2ª ed. 1995, Ed. Vida Nova.
• Fonte de pesquisa para algumas imagens: wikipedia.org e crystalinks.com

Sugestão para download:

tabela de profetas AT

Tabela dos profetas (PDF)

Table about the prophets (PDF)


livro evangélico: Profeta, o mensageiro de Deus

Profeta, o mensageiro de Deus

Prophet, the messenger of God


Este texto se encontra no 1º volume do livro:


livro evangélico: O livro do profeta Isaías

O livro do profeta Isaías vol. 1

O livro do profeta Isaías vol. 2

O livro do profeta Isaías vol. 3

The book of prophet Isaiah vol. 1

The book of prophet Isaiah vol. 2

The book of prophet Isaiah vol. 3

▲ Início  

relacionamentosearaagape@gmail.com