Nós costumamos dizer ‘amém’ no final das nossas orações. A palavra ‘amém’ em hebraico e grego significa ‘assim seja’, e é uma forma de dizer que aceitamos a palavra de Deus como verdadeira e operante em nossas vidas e que nos submetemos a ela.


Significado da palavra Amém




Amém (אמן) é um advérbio hebraico formado de uma raiz que significa: ‘assegurar, firmar’, e por isso é empregado no sentido de confirmar o que outra pessoa disse. Assim, ‘Amém’ significa: ‘assim seja’.

No Antigo Testamento, a palavra ‘amém’ aceita e ratifica uma maldição (Nm 5: 22: a água amarga que era dada à mulher suspeita de adultério; Dt 27: 15-26: as maldições no monte Ebal), assim como uma ordem real (1 Rs 1: 36: Davi dá ordens aos seus oficiais, ao profeta Natã e ao sacerdote Zadoque sobre a coroação de Salomão como rei em seu lugar). A palavra ‘amém’ confirma uma profecia (Jr 28: 6: Jeremias profetiza que os utensílios do templo, que haviam sido levados por Nabucodonosor, seriam devolvidos à Casa do Senhor) e qualquer oração, especialmente no fim dela (Ne 8: 6: Esdras, o sacerdote, lê o livro da Lei perante o povo), e também é uma resposta do povo às palavras de um salmo, por exemplo: Sl 41: 13 cf. 1 Cr 16: 36; Sl 72: 19; Sl 89: 52; Sl 106: 48 cf. 1 Cr 16: 36, onde o povo geralmente responde: ‘Amém e amém!’ (אמן ואמן – 'âmên ve'âmên).

No Novo Testamento, podemos ver esta palavra [em Grego: amên – αμην – ‘confiável’, ‘certamente’, ‘verdadeiramente’, ‘em verdade’ (advérbio), ‘que assim seja’ (interjeição)] no final de um culto público (1 Co 14: 16), no final da oração dominical (Mt 6: 13), e também para confirmar orações individuais e de ação de graças (Rm 1: 25; Rm 9: 5; Rm 11: 36; 1 Co 14: 16; Gl 6: 18; Ap 1: 6-7, etc.). Jesus, quando queria chamar a atenção dos ouvintes para um assunto importante dizia: ‘em verdade, em verdade vos digo’ (Jo 1: 51). Em hebraico, essa expressão é, literalmente: ‘amém’, e aparece 30 vezes em Mateus, 13 vezes em Marcos, 6 vezes em Lucas, e 25 vezes no evangelho de João. Em Ap 22: 20, o apóstolo João escreve a palavra ‘amém’ para confirmar as suas visões e profecias. Em 2 Co 1: 20 está escrito que as promessas de Deus se encontram em Cristo (Nele está o ‘sim’), e por meio Dele elas acham a sua confirmação e cumprimento (‘também por Ele é o amém’). Em Ap 3: 14 o próprio Jesus se chama ‘o Amém, a testemunha fiel e verdadeira’.

Nós nos costumamos dizer ‘amém’ no final das nossas orações. Ela deve ser entendida como uma forma de dizer que aceitamos a Sua palavra como verdadeira e operante em nossas vidas e que nos submetemos a ela. É uma palavra de exaltação ao poder e à majestade de Deus, confirmando a veracidade da nossa oração de acordo com a Sua palavra, e engrandecendo o Senhor e o Soberano de todas as coisas, que vai decidir e julgar com justiça o que oramos.

Segundo a Concordância Lexicon Strong, a palavra ‘amém’ ('amen – אמן) significa: ‘que assim seja’, ‘verdade’. Ela procede da raiz 'aman (que é uma raiz primitiva), e significa, mais corretamente: construir ou apoiar; nutrir (criar, cuidar, amamentar) como um pai, uma mãe ou uma ama; figurativamente: tornar-se (ou ser) firme ou fiel, confiar ou acreditar, ser permanente; moralmente: ser verdade ou certo, tomar o caminho da direita (Is 30: 21); portanto: garantia, crença, criar, educar, estabelecer, ser fiel, duradouro, firme, constante, inabalável, certo, convicto, seguro, com toda certeza, de confiança, comprovado, virar para a direita.

Que nós possamos dizer o ‘amém’ no final das nossas orações com a consciência de que se nós estivermos orando de acordo com a vontade de Deus, todos os nossos pedidos serão atendidos porque Ele é e sempre será fiel à Suas promessas. A Sua vontade é sempre boa, agradável e perfeita, portanto, podemos dizer ‘que assim seja’ para toda palavra que procede da boca de Deus. Por isso, Paulo escreveu em Rm 4: 20-22 ao se referir à fé de Abraão: “... não duvidou, por incredulidade, da promessa de Deus; mas, pela fé, se fortaleceu, dando glória a Deus, estando plenamente convicto de que era poderoso para cumprir o que prometera. Pelo que isso lhe foi imputado para justiça”. Abraão creu, disse amém para o Senhor e Ele disse o Seu amém para Abraão, cumprindo o que lhe havia prometido.

Autora: Pastora Tânia Cristina Giachetti


Amém

Este texto se encontra no livro:


livro evangélico: O Senhor quer falar com Seu povo

O Senhor quer falar com Seu povo

The Lord wants to talk to His people

▲ Início  

relacionamentosearaagape@gmail.com