Capítulo 17: profecia contra Damasco e Efraim, cujas cidades serão destruídas pelos assírios (Tiglate-Pileser III, Salmaneser V e Sargom II). Moabe igualmente sofreria, mas um remanescente se voltaria para Deus. Os assírios também seriam punidos pelo Senhor.


Isaías capítulo 17




Capítulo 17

Damasco e o restante da Síria; Samaria e suas cidades serão arruinadas pelos Assírios. Moabe também sofrerá – v. 1-5.
• Is 17: 1-5: “Sentença contra Damasco. Eis que Damasco deixará de ser cidade e será um montão de ruínas. As cidades de Aroer serão abandonadas; hão de ser para os rebanhos, que aí se deitarão sem haver quem os espante. A fortaleza de Efraim desaparecerá, como também o reino de Damasco e o restante da Síria [NVI: ‘Arã’]; serão como a glória dos filhos de Israel, diz o Senhor dos Exércitos. Naquele dia, a glória de Jacó será apoucada [NVI: ‘se definhará’], e a gordura da sua carne desaparecerá [NVI: ‘a gordura do seu corpo se consumirá’]. Será, quando o segador ajunta a cana do trigo e com o braço sega as espigas, como quem colhe espigas, como quem colhe espigas no vale dos Refains [NVI: ‘vale de Refaim’]”.

Esta profecia foi entregue ainda no reinado de Acaz. Como o livro de Isaías nem sempre segue uma seqüência temporal na narrativa, cogita-se que os 65 anos da profecia mencionada em Is 7: 8 correspondem ao mesmo trecho escrito em Is 17: 1-3 e às profecias anteriores de Am 1: 1; 3-5.

Tanto a cidade de Damasco como o reino da Síria (Is 17: 3) e Samaria (‘a fortaleza de Efraim’) seriam arruinados. Isto foi cumprido pelos reis da Assíria: Tiglate-Pileser III (745-727 AC – 2 Rs 15: 29) quando capturou Damasco em 732 AC, Salmaneser V (727-722 AC – 2 Rs 17: 5-6; 2 Rs 18: 9), que sitiou Samaria por três anos, e Sargom II (722-705 AC) que a capturou definitivamente em 722 AC (2 Rs 18: 9-11).

Essa destruição seria como uma colheita de trigo: o segador põe de pé um feixe com muitas espigas, e depois com o outro braço ele as ceifa num só golpe. Assim deveria ser com o povo de Israel: eles eram como um campo de trigo, com beleza e glória, plantados num lugar fértil. Então, como um segador, os Assírios viriam e os ceifaria; um feixe tão grosso como eles também eram numerosos.

Arameus é um nome comum para sírios e assírios, pois se refere à região de Arã, na bíblia.

A bíblia fala (Is 17: 5) do ‘Vale dos Refains’ (ARA), ou ‘Vale de Refaim’ (NVI). Refains (repha’ïm – Dt 2: 20) foram povos mencionados juntamente com os zuzins e emins no tempo de Abraão (Gn 14: 5), assim como os habitantes da Terra Prometida no tempo da conquista por Moisés e Josué. Os Amonitas os chamavam de zanzumins (Dt 2: 20-21), e os Moabitas que os sucederam os chamavam de ‘emins’ (Dt 2: 11). Os Refains, assim como os Enaquins eram gigantes (Dt 2: 21; Js 12: 4; Js 13: 12; Js 15: 8; Js 17: 15; Js 18: 16; 2 Sm 5: 18; 2 Sm 5: 22; 2 Sm 23: 13; 1 Cr 11: 15; 1 Cr 14: 9; 1 Cr 20: 4; 6; 8, onde está escrita a palavra ‘gigantes’). Em muitos textos acima, a bíblia escreve ‘Vale dos Gigantes’ no lugar de ‘Vale dos Refains’, dependendo da tradução (Nova Tradução na Linguagem de Hoje, por exemplo). O Vale dos Refains era um vale abundante e fértil perto de Jerusalém, onde Davi teve muitas vitórias contra os filisteus. Ali as espigas de trigo eram muito grandes e pesadas, e era tão grande o cuidado que se tomava na colheita que nenhuma se perdia. Isso seria similar ao que aconteceria com a retirada do povo de Israel em grande número pelos reis Assírios, ou a captura dos que tinham conseguido fugir.

Aroer é um lugar na Transjordânia, na margem norte do rio Arnom, de frente para uma profunda garganta, sendo a moderna ‘Ara‘ir, a vinte e três quilômetros a leste do Mar Morto (Dt 2: 36; Dt 3: 12; Dt 4: 48; Js 12: 2). Aroer foi dada por Moisés à tribo de Gade e Rúben (Nm 32: 33-34; Js 13: 9; Js 13: 16), mas aparentemente foi reconquistada por Jefté das mãos dos amonitas (Jz 11: 26; 33), que a haviam tomado das mãos dos israelitas. Desde o tempo de Davi, Moabe e Edom eram submissos a Israel. Por volta de 853 AC, Mesa (séc. IX AC), rei de Moabe, edificou Aroer, após a morte de Acabe, quando se revoltou e deixou de pagar tributo a Israel. No tempo de Jeú (841-814 AC), Hazael (843-796 AC) de Damasco, conquistou essa região (2 Rs 10: 32-33) e a cidade de Gate, na Filístia (2 Rs 12: 17). O sucessor de Hazael, Ben-Hadade III (796-770 AC), muito provavelmente, a perdeu de novo para Israel no tempo de Jeroboão II (782-753 AC), pois a bíblia diz que este reconquistou Damasco e Hamate (2 Rs 14: 28) e, conseqüentemente, Moabe reconquistou sua independência, quando, então, Aroer passou a ser local moabita até o tempo de Jeremias (Jr 48: 18-20). Nesta profecia de Isaías (Is 17: 1-3), Aroer estava nas mãos de Moabe. Aroer em Hebraico (`Arow`er ou `Aro`er – Strong #6177) significa ‘nudez da situação’.

Um remanescente se arrependerá e se voltará para Deus – v. 6-8.
• Is 17: 6-8: “Mas ainda ficarão alguns rabiscos [NVI: ‘espigas’], como no sacudir da oliveira; duas ou três azeitonas na ponta do ramo mais alto, e quatro ou cinco nos ramos mais exteriores de uma árvore frutífera, diz o Senhor, Deus de Israel. Naquele dia, olhará o homem para o seu Criador, e os seus olhos atentarão para o Santo de Israel. E não olhará para os altares, obra das suas mãos, nem atentará para o que fizeram seus dedos, nem para os postes-ídolos, nem para os altares do incenso”.

O profeta diz que apesar da destruição de Samaria pelos assírios, haverá um remanescente de Israel (de Efraim) que abandonará seus ídolos e se voltará para o Senhor. Os Samaritanos, ou seja, os israelitas do reino do norte haviam se esquecido do Seu Deus e o trocaram por imagens de escultura e os ídolos sírios (os postes-ídolos a Aserá, a consorte de Baal).

Os idólatras serão punidos por sua impiedade – v. 9-11.
• Is 17: 9-11: “Naquele dia, serão as suas cidades fortes como os lugares abandonados no bosque ou sobre o cimo das montanhas, os quais outrora foram abandonados ante os filhos de Israel, e haverá assolação [NVI: ‘Naquele dia, as suas cidades fortes, que tinham sido abandonadas por causa dos israelitas, serão como lugares entregues aos bosques e ao mato. E tudo será desolação’]; porquanto te esqueceste do Deus da tua salvação e não te lembraste da Rocha da tua fortaleza. Ainda que faças plantações formosas e plantes mudas de fora, e, no dia em que as plantares, as fizeres crescer, e na manhã seguinte as fizeres florescer, ainda assim a colheita voará no dia da tribulação e das dores incuráveis”.

O Senhor está falando das cidades de Samaria, que no passado pertenceram aos amorreus, antes de serem tomadas pelos israelitas e dadas a Rúben, Gade e meia tribo de Manassés, e que Damasco também tomou, seriam agora assoladas e abandonadas.

A desgraça também atingirá os inimigos de Israel – v. 12-14.
• Is 17: 12-14: “Ai do bramido dos grandes povos que bramam como bramam os mares, e do rugido das nações que rugem como rugem as impetuosas águas! Rugirão as nações, como rugem as muitas águas, mas Deus as repreenderá, e fugirão para longe; serão afugentadas como a palha dos montes diante do vento e como pó levado pelo tufão. Ao anoitecer, eis que há pavor, e, antes que amanheça o dia, já não existem. Este é o quinhão [NVI: ‘destino’] daqueles que nos despojam e a sorte daqueles que nos saqueiam”.

Os assírios, que saqueariam Israel, também seriam punidos por Deus. Eles, que pareciam muito fortes e aterrorizantes, fugirão como palha soprada pelo vento do Senhor no dia da Sua ira. E isso virá a ser tão rápido, da noite para o dia, que eles mal perceberão.

Autora: Pastora Tânia Cristina Giachetti

• Principal fonte de pesquisa: Douglas, J.D., O novo dicionário da bíblia, 2ª ed. 1995, Ed. Vida Nova.
• Fonte de pesquisa para algumas imagens: wikipedia.org e crystalinks.com

Sugestão para download:

tabela de profetas AT

Tabela dos profetas (PDF)

Table about the prophets (PDF)


livro evangélico: Profeta, o mensageiro de Deus

Profeta, o mensageiro de Deus

Prophet, the messenger of God


Este texto se encontra no 1º volume do livro:


livro evangélico: O livro do profeta Isaías

O livro do profeta Isaías vol. 1

O livro do profeta Isaías vol. 2

O livro do profeta Isaías vol. 3

The book of prophet Isaiah vol. 1

The book of prophet Isaiah vol. 2

The book of prophet Isaiah vol. 3

▲ Início  

relacionamentosearaagape@gmail.com