Capítulo 12: um hino de louvor cantado pelos que voltaram do cativeiro, bem como um cântico dos que vivem no reino do Messias. A ira de Deus trouxe o cativeiro; Sua misericórdia trará a salvação, a vitória e a reunião do povo que foi disperso.


Isaías capítulo 12




Capítulo 12

A ação de graças pela sua redenção – v. 1-6.
• Is 12: 1-6: “Orarás naquele dia: Graças te dou, ó Senhor; porque, ainda que te iraste contra mim, a tua ira se retirou, e tu me consolas. Eis que Deus é a minha salvação; confiarei e não temerei, porque o Senhor Deus é a minha força e o meu cântico; ele se tornou a minha salvação. Vós, com alegria, tirareis águas das fontes da salvação. Direis naquele dia: Dai graças ao Senhor, invocai o seu nome, tornai manifestos os seus feitos entre os povos, relembrai que é excelso o seu nome. Cantai louvores ao Senhor, porque fez coisas grandiosas; saiba-se isto em toda a terra. Exulta e rejubila, ó habitante de Sião, porque grande é o Santo de Israel no meio de ti”.

Este é um hino de louvor cantado pelos que voltaram do cativeiro (Is 11: 11-16), muito semelhante ao cântico de Moisés (Êx 15: 2) ou ao Salmo 118: 14, agradecendo ao Senhor pela salvação. No versículo 3 (“Vós, com alegria, tirareis água das fontes da salvação”), a palavra hebraica para ‘salvação’ é yshuw`ah (ou yeshu`âh), que significa ‘algo salvo’, isto é, ‘libertação’, portanto, ajuda, vitória, prosperidade, salvamento, saúde, socorro, salvar, proteger, guardar, preservar (saúde), bem-estar. A palavra yshuw`ah está ligada à palavra yasha`, que é uma raiz primitiva cujo significado é: ser aberto, largo (espaçoso) ou livre e, conseqüentemente, estar seguro, livre; ou socorro (ou vir em socorro de), vingar, defender, libertar (ou libertador), socorrer, preservar, resgatar, trazer ou ter salvação, salvar (ou salvador), obter vitória. Também é um cântico de louvor referente ao reino do Messias.

• Is 12: 3: “Vós, com alegria, tirareis água das fontes da salvação”.
Isso não só diz respeito à restauração de Israel num futuro próximo, quando voltasse do cativeiro. Também diz respeito ao reino do Messias, à nova dispensação em Cristo trazendo a salvação. Água é símbolo do Espírito Santo:
• Jo 7: 37-39: “No último dia, o grande dia da festa, levantou-se Jesus e exclamou: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva. Isto ele disse com respeito ao Espírito que haviam de receber os que nele cressem; pois o Espírito até aquele momento não fora dado, porque Jesus não havia sido ainda glorificado”.

No AT, as águas estavam relacionadas à salvação de uma vida, pois em terras áridas e secas, a presença de água era uma bênção de Deus, um sinal do Seu favor, preservando a vida (como aconteceu com Agar e Ismael quando foram expulsos do acampamento de Abraão e foram dessedentados pelas águas do poço que o Senhor abriu para eles – Gn 21: 19).

Da mesma forma, diz respeito à igreja do NT, nós, quando a nossa salvação for completada na segunda vinda de Jesus:
• Ap 21: 6: “Disse-me ainda: Tudo está feito. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. Eu, a quem tem sede, darei de graça da fonte da água da vida”.
• Ap 22: 1: “Então, me mostrou o rio da água da vida, brilhante como cristal, que sai do trono de Deus e do Cordeiro”.

• Is 12: 4: “Direis naquele dia: Dai graças ao Senhor, invocai o seu nome, tornai manifestos os seus feitos entre os povos, relembrai que é excelso o seu nome”. Isso quer dizer para proclamar as obras do Senhor entre todas as nações, para que todos saibam o que Ele é capaz de fazer, como é capaz de salvar. O cativeiro foi o resultado da ira de Deus; agora, Sua misericórdia trazia a salvação e a reunião do povo que havia sido disperso.

• Is 12: 5: “Cantai louvores ao Senhor, porque fez coisas grandiosas; saiba-se isto em toda a terra”. Coisas grandiosas relembram Suas maravilhas no Mar Vermelho, bem como na libertação do povo do cativeiro na Assíria e na Babilônia.

• Is 12: 6: “Exulta e rejubila, ó habitante de Sião, porque grande é o Santo de Israel no meio de ti”. Habitante de Sião se refere aos que retornaram do cativeiro na Babilônia e têm a aprovação e proteção do Senhor. Esse termo também serve para descrever os que vivem no reino do Messias, que podem celebrar a salvação que receberam Dele. “No meio de ti” – Jesus no meio do Seu povo.

Autora: Pastora Tânia Cristina Giachetti

• Principal fonte de pesquisa: Douglas, J.D., O novo dicionário da bíblia, 2ª ed. 1995, Ed. Vida Nova.
• Fonte de pesquisa para algumas imagens: wikipedia.org e crystalinks.com

Sugestão para download:

tabela de profetas AT

Tabela dos profetas (PDF)

Table about the prophets (PDF)


livro evangélico: Profeta, o mensageiro de Deus

Profeta, o mensageiro de Deus

Prophet, the messenger of God


Este texto se encontra no 1º volume do livro:


livro evangélico: O livro do profeta Isaías

O livro do profeta Isaías vol. 1

O livro do profeta Isaías vol. 2

O livro do profeta Isaías vol. 3

The book of prophet Isaiah vol. 1

The book of prophet Isaiah vol. 2

The book of prophet Isaiah vol. 3

▲ Início  

relacionamentosearaagape@gmail.com